Lexus CT200h: Utilização dos sistemas de apoio à condução

Lexus CT200h / Condução / Utilização dos sistemas de apoio à condução

Controlo da velocidade de cruzeiro

Sumário de funções

Sumário de funções

Utilize o controlo da velocidade de cruzeiro para manter uma velocidade definida sem carregar no pedal do acelerador.

  1. Indicador
  2. Mostrador
  3. Interruptor de controlo da velocidade de cruzeiro

Definir a velocidade do veículo

  1. Prima a tecla "ON-OFF" para ativar o controlo da velocidade de cruzeiro.

Definir a velocidade do veículo

O indicador do controlo da velocidade de cruzeiro acende.

Prima a tecla novamente para desativar o controlo da velocidade de cruzeiro.

  1. Acelere ou desacelere o veículo até à velocidade desejada e pressione a alavanca para baixo para definir a velocidade.

Definir a velocidade do veículo

É exibido "SET".

A velocidade do veículo no momento em que liberta a alavanca torna-se a velocidade definida.

Ajustar a velocidade definida

Para alterar a velocidade definida, opere a alavanca até obter a velocidade definida desejada.

  1. Aumenta a velocidade
  2. Diminui a velocidade

Pequeno ajuste: Mova momentaneamente a alavanca na direção desejada.

Ajuste amplo: Segure a alavanca na direção desejada.

Ajustar a velocidade definida

A velocidade definida será aumentada ou diminuída como segue: Pequeno ajuste: 1.6 km/h aproximadamente de cada vez que a alavanca é acionada.

Ajuste amplo: A velocidade definida pode ser aumentada ou diminuída continuamente até que a alavanca seja libertada.

Cancelar e retomar o controlo de uma velocidade constante

  1. Se puxar a alavanca na sua direção cancela o controlo da velocidade constante.

    A velocidade definida também é cancelada quando os travões são aplicados.

  2. Se puxar a alavanca para cima retoma o controlo da velocidade constante.

    Pode retomar o controlo da velocidade constante se a velocidade do veículo for superior a 40 km/h aproximadamente.

Cancelar e retomar o controlo de uma velocidade constante

O controlo da velocidade de cruzeiro pode ser definido quando

  • A posição de engrenamento é D.
  • A velocidade do veículo é superior a 40 km/h aproximadamente

Aceleração após definir a velocidade do veículo

  • O veículo pode ser acelerado normalmente. Após a aceleração a velocidade definida é retomada.
  • Mesmo sem cancelar o controlo da velocidade de cruzeiro, a velocidade definida pode ser aumentada acelerando primeiro o veículo até à velocidade desejada e empurrando depois a alavanca para baixo, para definir a nova velocidade.

Cancelamento automático do controlo da velocidade de cruzeiro

O controlo da velocidade de cruzeiro deixa de manter a velocidade definida se ocorrer qualquer uma das seguintes situações:

  • Se a velocidade real do veículo descer mais de cerca de 16 km/h abaixo da velocidade predefinida.

    Nessa altura, a velocidade definida memorizada não é mantida.

  • Se a velocidade real do veículo for inferior a cerca de 40 km/h.
  • Se o sistema VSC for ativado.

Se a mensagem de aviso para o controlo da velocidade de cruzeiro for exibida no mostrador de informações múltiplas

Prima a tecla "ON-OFF" uma vez para desativar o sistema e pressione novamente a tecla para reativar o sistema.

Se não conseguir definir a velocidade de cruzeiro ou se o controlo da velocidade de cruzeiro cancelar automaticamente após ativação, poderá significar que há uma avaria no sistema de controlo da velocidade de cruzeiro. Contacte um concessionário Lexus autorizado, reparador Lexus autorizado ou outro profissional igualmente qualificado e equipado para inspeção do veículo.

AVISO

Para evitar acionar o controlo da velocidade de cruzeiro por engano

Desligue o controlo da velocidade de cruzeiro usando a tecla "ON-OFF" quando não estiver a utilizá-lo.

Situações inadequadas à utilização do controlo da velocidade de cruzeiro

Não utilize o controlo da velocidade de cruzeiro em qualquer uma das seguintes situações.

Se o fizer poderá incorrer na perda de controlo do veículo e causar um acidente resultando em morte ou ferimentos graves.

  • Em trânsito intenso
  • Em estradas com curvas apertadas
  • Em estradas ventosas
  • Em estradas escorregadias, cobertas por chuva, neve ou gelo
  • Em encostas íngremes A velocidade do veículo pode exceder a velocidade definida caso conduza numa descida acentuada.
  • Durante o reboque de emergência

Controlo dinâmico da velocidade de cruzeiro com radar

Sumário de funções

O controlo dinâmico da velocidade de cruzeiro com radar complementa o controlo da velocidade de cruzeiro convencional com um controlo de distância entre veículos. No modo de controlo de distância entre veículos, o veículo automaticamente acelera ou desacelera de modo a manter uma distância definida em relação aos veículos da frente.

  1. Indicadores
  2. Mostrador
  3. Velocidade definida
  4. Tecla de distância entre veículos
  5. Interruptor do controlo da velocidade de cruzeiro

Sumário de funções

Definição da velocidade do veículo (modo de controlo de distância entre veículos)

  1. Prima a tecla "ON-OFF" para ativar o controlo dinâmico da velocidade de cruzeiro com radar.

    O indicador do controlo dinâmico da velocidade de cruzeiro com radar acende.

    Prima a tecla novamente para desativar o controlo da velocidade de cruzeiro.

Definição da velocidade do veículo (modo de controlo de distância entre veículos)

  1. Acelere ou desacelere o veículo até à velocidade desejada e pressione a alavanca para baixo para definir a velocidade.

    A indicação "SET" e a velocidade definida são exibidas.

    A velocidade do veículo no momento em que liberta a alavanca é memorizada como a velocidade definida.

Definição da velocidade do veículo (modo de controlo de distância entre veículos)

Ajustar a velocidade definida

Para alterar a velocidade definida, opere a alavanca até a velocidade definida desejada ser exibida.

  1. Aumenta a velocidade
  2. Diminui a velocidade

Pequeno ajuste: Mova momentaneamente a alavanca na direção desejada.

Ajuste amplo: Segure a alavanca na direção desejada.

Ajustar a velocidade definida

No modo de controlo da distância entre veículos, a velocidade definida aumenta ou diminui como segue:

Para a Europa

  • Quando a velocidade definida é apresentada em "km/h".

    Pequeno ajuste: 5 km/h aproximadamente de cada vez que a alavanca é acionada Ajuste amplo: 5 km/h aproximadamente por cada 0.75 segundos que segura a alavanca

  • Quando a velocidade definida é apresentada em "MPH".

    Pequeno ajuste: 5 mph aproximadamente de cada vez que a alavanca é acionada Ajuste amplo: 5 mph aproximadamente por cada 0.75 segundos que segura a alavanca

Para a Ucrânia e Israel

  • Quando a velocidade definida é apresentada em "km/h".

    Pequeno ajuste: 1 km/h aproximadamente de cada vez que a alavanca é acionada Ajuste amplo: 5 km/h aproximadamente por cada 0.75 segundos que segura a alavanca

  • Quando a velocidade definida é apresentada em "MPH".

    Pequeno ajuste: 1 mph aproximadamente de cada vez que a alavanca é acionada Ajuste amplo: 5 mph aproximadamente por cada 0.75 segundos que segura a alavanca

No modo de controlo da velocidade constante , a velocidade definida aumenta ou diminui como segue: Pequeno ajuste: 1.6 km/h aproximadamente de cada vez que a alavanca é acionada Ajuste amplo: Pode aumentar ou diminuir a velocidade definida continuamente até libertar a alavanca.

Alterar a distância entre veículos

Pressionando a tecla altera a distância entre veículos como segue:

  1. Longa
  2. Média
  3. Curta

A distância entre veículos é definida automaticamente para o modo longo quando o interruptor Power é colocado no modo ON.

Se um veículo circula à sua frente, a marca do veículo precedente também será exibida.

Alterar a distância entre veículos

Definir a distância entre veículos

Selecione uma distância no quadro abaixo. Note que as distâncias mostradas correspondem a uma velocidade do veículo de 80 km/h. A distância entre veículos aumenta/diminui de acordo com a velocidade do veículo.

Definir a distância entre veículos

Cancelar e retomar o controlo da velocidade

  1. Se puxar a alavanca na sua direção cancela o controlo dinâmico da velocidade de cruzeiro com radar.

    A velocidade definida também é cancelada quando os travões são aplicados.

  2. Se puxar a alavanca para cima retoma o controlo dinâmico da velocidade de cruzeiro com radar e a velocidade do veículo volta à velocidade definida.

Cancelar e retomar o controlo da velocidade

Pode retomar o controlo da velocidade constante se a velocidade do veículo for superior a 40 km/h aproximadamente.

Condução no modo de controlo de distância entre veículos

Este modo emprega um sensor de radar para detetar a presença de veículos até cerca de 120 m à frente, determinar a distância atual entre veículos seguidos e funcionar de forma a manter uma distância adequada do veículo que segue à frente.

Note que a distância entre veículos diminuirá quando viajar em longas descidas íngremes.

Condução no modo de controlo de distância entre veículos

  1. Exemplo de velocidade de cruzeiro constante.

    Quando não se encontram veículos à sua frente.

    O veículo circula na velocidade definida pelo condutor. A distância entre veículos pode também ser definida através do controlo de distância entre veículos.

  2. Exemplo de desaceleração da velocidade de cruzeiro.

    Quando o veículo à sua frente circula a uma velocidade inferior à definida

Quando é detetado um veículo a circular à sua frente, o sistema automaticamente desacelera o seu veículo. Quando é necessária uma redução maior da velocidade, o sistema aplica os travões. Um sinal sonoro alerta-o quando o sistema não consegue desacelerar o suficiente para evitar que o seu veículo se aproxime do da frente.

  1. Exemplo de condução em "perseguição".

    Quando segue um veículo a circular a uma velocidade inferior à predefinida.

    O sistema continua a condução em "perseguição" enquanto se ajusta às alterações de velocidade do veículo à frente, de modo a manter a distância entre veículos definida pelo condutor.

  2. Exemplo de aceleração.

    Quando já não há veículos à frente a circular a uma velocidade inferior à velocidade definida

O sistema acelera até atingir a velocidade definida. Depois, o sistema volta à velocidade de cruzeiro constante.

Aviso de aproximação

Quando o seu veículo está demasiado próximo do veículo que segue à sua frente e não for possível ter a desaceleração automática suficiente através do controlo dinâmico da velocidade de cruzeiro com radar, o mostrador pisca e é emitido um sinal sonoro para alertar o condutor. Um exemplo disto é quando outro condutor o ultrapassa repentinamente e se coloca entre o seu veículo e o que seguia à frente. Aplique os travões para garantir que mantém uma distância adequada entre veículos.

Os avisos podem não ocorrer quando

Nos seguintes casos há uma possibilidade do aviso não ocorrer:

  • Quando a velocidade do veículo à frente iguala ou ultrapassa a velocidade do seu veículo
  • Quando o veículo à frente está a circular a uma velocidade extremamente baixa
  • Imediatamente após ter definido o controlo da velocidade de cruzeiro
  • No momento em que aplica o acelerador

Selecionar o modo de controlo de velocidade constante convencional

O modo de controlo de velocidade constante é diferente do modo de controlo da distância entre veículos. Quando seleciona o modo de controlo de velocidade constante, o seu veículo mantém a velocidade definida independentemente de haver, ou não, outros veículos na faixa, à frente.

Selecionar o modo de controlo de velocidade constante convencional

  1. Prima a tecla "ON-OFF" para ativar o controlo da velocidade de cruzeiro.

    Prima a tecla novamente para desativar o controlo da velocidade de cruzeiro.

  2. Mude para o modo de controlo de velocidade constante.

    (Empurre a alavanca para a frente e segure-a durante 1 segundo aproximadamente.)

O indicador de controlo da velocidade de cruzeiro acende.

Quando estiver no modo de controlo de velocidade constante, para voltar ao modo de controlo de distância entre veículos, empurre novamente a alavanca para a frente e segure-a durante 1 segundo aproximadamente.

Após a velocidade desejada ter sido definida não é possível regressar ao modo de controlo de distância entre veículos.

Se desligar o interruptor Power e depois voltar a colocá-lo no modo ON, o veículo regressa automaticamente ao modo de controlo de distância entre veículos.

Ajustar a velocidade definida

Cancelar e retomar o controlo da velocidade

O controlo dinâmico da velocidade de cruzeiro com radar pode ser definido quando

  • A posição de engrenamento é D.
  • A velocidade do veículo é superior a 50 km/h aproximadamente.

Aceleração após definir a velocidade do veículo

O veículo pode ser acelerado normalmente. Após a aceleração a velocidade definida é retomada. Contudo, durante o modo de controlo de distância entre veículos, a velocidade pode diminuir abaixo da velocidade definida a fim de manter a distância para o veículo à frente.

Velocidade definida

A velocidade definida pode ser insustentável dependendo das circunstâncias de condução.

Cancelamento automático do controlo de distância entre veículos

O controlo de distância entre veículos é cancelado automaticamente nas seguintes situações:

  • Se a velocidade real do veículo descer abaixo dos 40 km/h, aproximadamente.
  • Se o sistema VSC for ativado.
  • O sensor não funciona corretamente porque está alguma coisa a obstruí-lo.
  • Os limpa-para-brisas estão a funcionar a alta velocidade (quando o limpa-para-brisas está no modo "AUTO" ou na posição de funcionamento a alta velocidade).

Se a condução no modo de controlo de distância entre veículos for cancelada automaticamente por uma outra razão, pode haver uma avaria no sistema. Contacte um concessionário Lexus autorizado, reparador Lexus autorizado ou outro profissional igualmente qualificado e equipado.

Cancelamento automático do controlo da velocidade constante

O controlo da velocidade de cruzeiro deixa de manter a velocidade do veículo nas seguintes situações:

  • Se a velocidade real do veículo diminui mais de 16 km/h em relação à velocidade predefinida.

    Nesta altura, a velocidade memorizada como predefinida não é retida.

  • Se a velocidade atual do veículo descer abaixo dos 40 km/h, aproximadamente.
  • Se o sistema VSC é ativado.

Sensor do radar e proteção da grelha

Mantenha sempre o sensor do radar e a proteção da grelha limpos, de modo a assegurar que o controlo de distância entre veículos funciona corretamente. (Algumas obstruções, tais como neve, gelo e objetos plásticos não podem ser detetados pelo sensor de obstrução.) O controlo dinâmico da velocidade de cruzeiro com radar é cancelado se for detetada uma obstrução.

  1. Proteção da grelha
  2. Sensor do radar

Mensagens de aviso e sinais sonoros do controlo dinâmico da velocidade de cruzeiro com radar

As mensagens de aviso e os sinais sonoros são utilizados para indicar uma avaria no sistema ou para informar o condutor sobre precauções a ter durante a condução

Certification

Certification

Certification

AVISO

Antes de utilizar o controlo dinâmico da velocidade de cruzeiro com radar

Não confie demasiado no controlo de distância entre veículos.

Tenha atenção à velocidade definida. Se a desaceleração/aceleração automática não for a adequada, ajuste a velocidade do veículo assim como a distância entre o seu veículo e o que segue à sua frente aplicando os travões, etc..

Cuidados com os sistemas de assistência à condução

Observe as seguintes precauções.

Não o fazer pode causar um acidente resultando em morte ou ferimentos graves.

  • Ajudar o condutor a medir a distância entre veículos.

    O controlo dinâmico da velocidade de cruzeiro com radar destina-se apenas a ajudar o condutor a determinar a distância entre o seu próprio veículo e um outro veículo a circular à frente. Não é um mecanismo que permita a condução negligente ou desatenta, e não é um sistema que possa ajudar o condutor em condições de fraca visibilidade. É também necessário que o condutor preste atenção à área circundante ao veículo.

  • Ajudar o condutor a avaliar a distância adequada entre veículos.

    O controlo dinâmico da velocidade de cruzeiro com radar determina se a distância entre o seu próprio veículo e um outro veículo a circular à frente é ou não adequada.

    Não é capaz de fazer qualquer outro tipo de avaliação. Portanto, é absolutamente necessário que o condutor permaneça atento e determine se existe ou não a possibilidade de perigo em qualquer situação.

  • Ajudar o condutor a manobrar o veículo.

    O controlo dinâmico da velocidade de cruzeiro com radar não tem capacidade de prevenir ou evitar a colisão com o veículo a circular à frente. Portanto, se houver qualquer perigo, o condutor deve tomar o controlo imediato e direto do veículo e agir de forma adequada, a fim de garantir a segurança de todos os envolvidos.

Para evitar ativar inadvertidamente o controlo da velocidade de cruzeiro

Desligue o controlo da velocidade de cruzeiro usando a tecla "ON-OFF" quando não estiver em uso.

Situações inadequadas para a utilização do controlo dinâmico da velocidade de cruzeiro com radar

Não utilize o controlo dinâmico da velocidade de cruzeiro com radar em qualquer uma das seguintes situações.

Se o fizer poderá incorrer na perda de controlo do veículo e causar um acidente resultando em morte ou ferimentos graves.

  • Em estradas com peões, ciclistas, etc
  • Em trânsito intenso
  • Em estradas com curvas apertadas
  • Em estradas ventosas
  • Em estradas escorregadias, cobertas por chuva, neve ou gelo
  • Em descidas acentuadas ou onde existam alterações súbitas do grau de inclinação.

    A velocidade do veículo pode exceder a velocidade definida caso conduza numa descida acentuada.

  • Em entradas de autoestrada
  • Quando as condições atmosféricas são suficientemente más para impedir o correto funcionamento dos sensores (nevoeiro, neve, granizo, etc.)
  • Locais onde o sinal de aviso de aproximação de obstáculos é emitido frequentemente.
  • Durante o reboque de emergência

Quando o sensor não puder detetar corretamente o veículo que segue à frente

Nos casos que se seguem e dependendo das condições, aplique o pedal do travão quando a desaceleração do sistema não for suficiente ou opere o pedal do acelerador quando for necessário acelerar.

Uma vez que o sensor pode não detetar corretamente este tipo de veículos, o aviso de aproximação (→P. 221) não será ativado, o que poderá resultar num acidente, o qual pode provocar a morte ou ferimentos graves.

  • Veículos que o ultrapassam subitamente
  • Veículos a circular a baixa velocidade
  • Veículos que não estão em movimento na mesma faixa de rodagem
  • Veículos com a parte traseira extremamente baixa (reboque sem carga, etc.)
  • Motociclos a circular na mesma faixa
  • Quando a água ou neve levantada pelos veículos circundantes impede a detecção por parte do sensor
  • Quando o seu veículo está a apontar para cima (provocado por uma carga pesada no compartimento de bagagem etc.)

Situações em que o controlo de distância entre veículos pode não funcionar corretamente

Opere o pedal do travão (ou o pedal do acelerador, dependendo da situação) conforme for necessário nas situações abaixo indicadas, uma vez que o sensor do radar pode não detetar corretamente os veículos que se encontram à sua frente, o que pode provocar um acidente, resultando em morte ou ferimentos graves.

  • Perante uma curva ou quando as faixas de rodagem são estreitas
  • Quando o funcionamento do volante da direção ou a sua posição na faixa de rodagem é instável
  • Quando o veículo que circula à sua frente desacelera de repente

Manuseamento do sensor do radar

Observe o seguinte para se certificar que o sistema de controlo da velocidade de cruzeiro poderá funcionar eficazmente: Caso contrário o sistema pode não funcionar corretamente e pode resultar em acidente.

  • Mantenha o sensor e a proteção da grelha sempre limpos.

    Limpe o sensor e a cobertura da grelha com um pano macio para não os marcar ou danificar.

  • Não sujeite o sensor ou a área circundante a impactos fortes.

    Se o sensor mudar de posição, ainda que ligeiramente, o sistema poderá avariar. Se o sensor ou a área circundante forem sujeitos a um grande impacto, leve o seu veículo a um concessionário Lexus autorizado, reparador Lexus autorizado ou a outro profissional igualmente qualificado e equipado, para verificação e ajuste do sistema.

  • Não desmonte o sensor.
  • Não afixe ou cole acessórios no sensor, na proteção da grelha ou área circundante.
  • Não modifique nem pinte o sensor ou a proteção da grelha.
  • Se for necessário subsituir o sensor, contacte um concessionário ou reparador Lexus autorizado ou outro profissional devidamente qualificado e equipado.

Sensor Lexus de auxílio ao estacionamento

A distância do seu veículo aos obstáculos próximos, durante o estacionamento paralelo ou manobras numa garagem, é medida pelos sensores e comunicada através dos mostradores e sinais sonoros. Verifique sempre a área circundante ao utilizar este sistema.

Tipos de sensores

  1. Sensores nos cantos, dianteiros
  2. Sensores nos cantos, traseiros
  3. Sensores centrais, traseiros

Tipos de sensores

Interruptor do sensor Lexus de auxílio ao estacionamento

Liga/desliga o sensor Lexus de auxílio ao estacionamento

Quando ligado, a luz do indicador acende para informar o condutor que o sistema está operacional.

Interruptor do sensor Lexus de auxílio ao estacionamento

Mostrador

Quando os sensores detetam um obstáculo, os mostradores seguintes informam o condutor da posição e distância ao obstáculo.

Mostrador de informações múltiplas

Veículos com mostrador monocromático

Veículos com mostrador monocromático

Veículos com mostrador a cores

Veículos com mostrador a cores

  1. Funcionamento dos sensores nos cantos, dianteiros
  2. Funcionamento dos sensores nos cantos, traseiros
  3. Funcionamento do sensor central, traseiro

Mostrador Áudio Lexus ou ecrã do sistema de navegação (se equipado)

Mostrador Áudio Lexus ou ecrã do sistema de navegação (se equipado)

  1. Mostrador do sensor Lexus de assistência ao estacionamento

Quando o monitor do sistema de visão traseira* ou o monitor Lexus de assistência ao estacionamento* não está a ser exibido.

Um gráfico é exibido automaticamente quando um obstáculo é detetado.

O ecrã pode ser definido para que o gráfico não seja exibido.

Selecione para emudecer os sinais sonoros.

  1. Mostrador convencional

Quando o monitor do sistema de visão traseira* ou o monitor Lexus de auxílio ao estacionamento* está a ser exibido.

É exibida uma imagem simplificada no canto superior do sistema de navegação quando um obstáculo é detetado.

*: Se equipado

Mostrador de deteção do sensor, distância aos obstáculos

Mostrador de distância

Os sensores que detetam o obstáculo iluminam-se continuamente ou piscam.

Mostrador de distância

*1: As imagens podem diferir das apresentadas nas figuras.

*2: Mostrador de informações múltiplas

*3: Mostrador Áudio Lexus ou ecrã do sistema de navegação

Funcionamento do sinal sonoro e distância a um obstáculo

Soa um sinal sonoro quando os sensores estão a funcionar.

O sinal sonoro toca mais rápido à medida que o veículo se aproxima de um obstáculo.

Quando o veículo se encontra às seguintes distâncias do obstáculo, o sinal sonoro soa continuamente:

  • Sensores dos cantos, dianteiros: 30 cm aproximadamente
  • Sensores dos cantos, traseiros: 30 cm aproximadamente
  • Sensores centrais, traseiros: 35 cm aproximadamente

Quando 2 ou mais obstáculos são detetados simultaneamente, o sistema de sinal sonoro responde ao obstáculo mais próximo. Se um ou ambos se enquadrarem nas distâncias acima, o sinal sonoro repete um som longo, seguido por sinais sonoros rápidos.

Alcance de deteção dos sensores

  1. 50 cm aproximadamente
  2. 60 cm aproximadamente
  3. 150 cm aproximadamente

Alcance de deteção dos sensores

O diagrama mostra a área de deteção dos sensores. Tenha em consideração que os sensores não poderão detetar os obstáculos que se encontrem extremamente perto do veículo.

O alcance dos sensores pode variar consoante a forma do objeto, etc..

Configurar o sensor Lexus de auxílio ao estacionamento (veículos com Mostrador Áudio Lexus ou sistema de navegação)

Pode alterar o volume dos sinais sonoros e as condições de funcionamento do ecrã.

  • Sistema do Mostrador Áudio Lexus
  1. Prima a tecla "MENU" no comando do Mostrador Áudio Lexus e depois selecione "Setup" no ecrã.
  2. Selecione "Vehicle" e depois selecione "LEXUS park assist" no ecrã.
  3. Selecione o item pretendido.

Sistema de navegação

  1. Prima a tecla "MENU" no Comando Remoto e depois selecione "Setup" no ecrã.
  2. Selecione "Vehicle" e depois selecione "LEXUS park assist" no ecrã.
  3. Selecione o item pretendido.

Ecrã do Mostrador Áudio Lexus

Ecrã do Mostrador Áudio Lexus

Ecrã do sistema de navegação

Ecrã do sistema de navegação

  1. O volume dos sinais sonoros pode ser ajustado.
  2. Pode selecionar o mostrador do sensor Lexus de auxílio ao estacionamento para ligado/desligado.
  3. O mostrador do sensor central traseiro e a indicação do tom podem ser configurados.

O sensor Lexus de assistência ao estacionamento pode funcionar quando

Sensores dos cantos, dianteiros:

  • O interruptor Power está no modo ON.
  • A posição de engrenamento é diferente de P.
  • A velocidade do veículo é inferior a cerca de 10 Km/h (A qualquer velocidade quando a posição de engrenamento é R)

Sensores nos cantos e sensores centrais, traseiros:

  • O interruptor Power está no modo ON.
  • A posição de engrenamento é R.

Mostrador do sensor Lexus de auxílio ao estacionamento

Quando um obstáculo é detetado durante a utilização do monitor do sistema de visão traseira ou do monitor Lexus de auxílio ao estacionamento, o indicador de aviso aparece no canto superior do ecrã, mesmo que o mostrador esteja configurado para desligado.

Informações referentes à deteção do sensor

As áreas de deteção do sensor estão limitadas às áreas em redor do para-choques do veículo.

Certas condições do veículo e ambiente circundante poderão afetar a capacidade do sensor na deteção de obstáculos. Os casos especiais em que isso pode acontecer são listados abaixo.

  • Sujidade, neve ou gelo no sensor. (Se limpar o sensor o problema fica resolvido)
  • O sensor está congelado. (Se aquecer o sensor resolve o problema) Em tempo especialmente frio, se um sensor congelar, o ecrã pode mostrar uma exibição anormal, ou os obstáculos podem não ser detetados.
  • O sensor está coberto por algo.
  • O veículo inclina-se consideravelmente para um lado.
  • Em estradas com muitas lombas, circulação em declives, em paralelos ou em relva.
  • Se a área circundante ao veículo for barulhenta devido a buzinas de outros veículos, motores de motociclos, travões pneumáticos de veículos pesados, ou outro tipo de ruídos que produzem ondas ultrassónicas.
  • Há um outro veículo equipado com sensores de assistência ao estacionamento nas imediações.
  • O sensor foi pulverizado com líquido ou chuva intensa
  • O veículo está equipado com uma haste de auxílio ao estacionamento ou uma antena sem fios.
  • Os olhais de reboque estão instalados.
  • O para-choques ou o sensor recebe um forte impacto.
  • O veículo aproxima-se de um passeio alto ou curvado.
  • Com luz solar forte ou frio intenso.
  • A área diretamente sob o para-choques não é detetada.
  • Se os obstáculos passam muito perto do sensor.
  • A instalação de uma suspensão que não seja genuína Lexus (suspensão rebaixada, etc.).
  • As pessoas podem não ser detetadas se estiverem a usar certos tipos de roupas.

Além destes exemplos, há alturas em que devido às suas formas, os sinais e outros objetos podem ser incorretamente detetados pelo sensor, detetando-os mais perto do que na realidade estão.

A forma de um obstáculo pode impedir que o sensor o detete. Tome a devida atenção aos seguintes obstáculos:

  • Fios elétricos, vedações, cordas, etc.
  • Algodão, neve e outros materiais que absorvem ondas sonoras
  • Objetos de ângulos pontiagudos
  • Obstáculos baixos
  • Obstáculos altos com partes superiores salientes na direção do seu veículo.

As seguintes situações podem ocorrer durante o uso.

  • Dependendo da forma do obstáculo e de outros fatores, a distância de deteção pode diminuir, ou a deteção pode ser impossível.
  • Os obstáculos podem não ser detetados se estiverem demasiado perto do sensor.
  • Haverá um pequeno atraso entre a deteção de obstáculos e a exibição. Mesmo a baixas velocidades, há uma possibilidade do obstáculo ficar dentro das áreas de deteção do sensor antes do mostrador ser exibido e o sinal sonoro soar.
  • Postes estreitos ou objetos mais baixos do que o sensor podem não ser detetados como objetos de colisão quando abordados, mesmo que já tenham sido detetados antes.
  • Pode ser difícil ouvir os sinais sonoros devido ao volume do sistema áudio ou ao ruído do fluxo de ar do sistema de ar condicionado.

Se for exibida uma mensagem no mostrador de informações múltiplas

Configuração

As definições (por ex. o volume dos sinais sonoros) podem ser alteradas.

AVISO

Quando utilizar o sensor Lexus de auxílio ao estacionamento

Observe as seguintes precauções.

Não o fazer pode resultar na impossibilidade de conduzir o veículo com segurança, podendo causar um acidente.

  • Não utilize o sensor em velocidades superiores a 10 km/h.
  • As áreas de deteção dos sensores e tempos de reação são limitados. Para avançar ou fazer marcha-atrás, verifique as áreas em volta do veículo (especialmente os lados do veículo) por razões de segurança, e conduza lentamente, utilizando o travão para controlar a velocidade do veículo.
  • Não afixe nenhum tipo de acessórios dentro da área de deteção do sensor.

ATENÇÃO

Quando utilizar o sensor Lexus de auxílio ao estacionamento

Nas seguintes situações, o sistema pode não funcionar corretamente devido a avaria no sensor, etc. Leve o veículo para inspeção a um concessionário Lexus autorizado, reparador Lexus autorizado ou a outro profissional igualmente qualificado e equipado.

  • O mostrador do sensor Lexus de auxílio ao estacionamento pisca e soa um sinal sonoro quando não são detetados obstáculos.
  • Se a área em volta de um sensor colide com alguma coisa, ou se é sujeito a um forte impacto.
  • Se os para-choques colidirem com alguma coisa
  • Se o mostrador exibe continuamente, sem um sinal sonoro, exceto se o interruptor para silenciar (mute) tiver sido ligado.
  • Se ocorrer um erro de exibição, primeiro verifique o sensor.

    Se o erro ocorrer mesmo que não haja gelo, neve ou lama no sensor, é provável que o sensor esteja avariado.

Quando lavar o seu veículo

Não aplique jatos ou vapores intensos de água na área do sensor.

Tal pode contribuir para a avaria do sensor.

Monitor do sistema de visão traseira

O monitor do sistema para visão traseira auxilia o condutor exibindo linhas de orientação e imagens da traseira do veículo durante a marcha-atrás, por exemplo enquanto estaciona.

As ilustrações do ecrã utilizadas neste texto são apenas exemplos e podem diferir da imagem que é realmente exibida no ecrã.

O monitor do sistema de visão traseira ativa-se quando coloca a alavanca de velocidades em R e o interruptor Power está no modo ON.

O monitor do sistema de visão traseira desativa-se quando coloca a alavanca de velocidades noutra posição que não R.

Tipo sistema do Mostrador Áudio Lexus: Quando a alavanca de velocidades é engrenada para a posição R e pressionada qualquer tecla de modo (como "MENU"), o monitor do sistema de visão traseira é cancelado e o ecrã muda para o modo da tecla que foi pressionada.

Tipo espelho retrovisor

Tipo espelho retrovisor

Tipo sistema de Mostrador Áudio Lexus

Tipo sistema de Mostrador Áudio Lexus

Alterar o ecrã (tipo espelho retrovisor)

Alterar o ecrã (tipo espelho retrovisor)

  • Para desligar temporariamente o monitor, quando ligado.

    Prima a tecla "AUTO". O indicador fica laranja.

    O monitor volta a ligar automaticamente depois de desligar o interruptor Power e o colocar no modo ON.

  • Para ligar manualmente o monitor, quando desligado.

    Prima a tecla "AUTO". O indicador fica verde.

Quando utiliza o monitor do sistema de visão traseira.

A função antiencandeamento do espelho retrovisor interior é cancelada.

Desligamento automático.

O mostrador desliga automaticamente após 5 minutos.

Modo de exibição

O modo de exibição do monitor de visão traseira pode ser ajustado quando o interruptor Power está no modo ON e a posição de engrenamento for R.

  • Para selecionar o idioma a exibir (Inglês, Francês, Espanhol ou Árabe [se equipado]).
  1. Prima e mantenha pressionada a tecla "AUTO" durante 6 a 12 segundos.

    O monitor liga e o indicador fica verde.

  2. Prima a tecla "AUTO".
  3. De cada vez que prime e liberta a tecla "AUTO", muda o idioma.

    A mensagem de aviso deve piscar durante 5 segundos após a tecla ter sido libertada, indicando que a alteração foi concluída.

  • Para desligar permanentemente o monitor

Prima e mantenha pressionada a tecla "AUTO" durante 12 a 15 segundos.

O monitor desliga e liga após 6 segundos. Continue a pressionar a tecla até o mostrador desligar novamente.

O indicador pisca em laranja.

O monitor não volta a ligar automaticamente depois de desligar o interruptor Power e o colocar no modo ON.

  • Para ligar manualmente o monitor, quando desligado.

    Prima a tecla "AUTO". O indicador fica verde.

Utilização do monitor do sistema de visão traseira

Descrição do ecrã

O ecrã do monitor do sistema de visão traseira é exibido se a alavanca de velocidades estiver em R, enquanto o interruptor Power está no modo ON.

Descrição do ecrã

  1. Linha guia da extensão de largura do veículo

A linha indica a orientação do trajeto quando o veículo está a recuar a direito.

A largura exibida é maior do que a largura real do veículo.

  1. Linha guia do centro do veículo

Estas linhas indicam a estimativa do centro do veículo no chão.

  1. Linha guia da distância (vermelha)

Esta linha mostra a distância atrás do veículo, um ponto a aproximadamente 0,5 m a partir da extremidade do para-choques.

  1. Linha guia da distância (azul)

Esta linha mostra a distância atrás do veículo, um ponto a aproximadamente 1 m a partir da extremidade do para-choques.

  1. Mostrador do sensor de assistência ao estacionamento Lexus (se equipado)

Tipo sistema do Mostrador Áudio Lexus: Se um obstáculo for detetado enquanto o sensor Lexus de assistência ao estacionamento está ligado, é exibido um mostrador no canto superior direito do ecrã.

Precauções com o monitor do sistema de visão traseira

Área exibida no ecrã

O monitor do sistema de visão traseira exibe uma imagem da área traseira do veículo vista a partir do para-choques.

A imagem no ecrã do monitor do sistema de visão traseira pode ser ajustada.

  • A área exibida no ecrã pode variar de acordo com as condições de orientação do veículo.
  • Os objetos que estejam próximos de qualquer dos cantos dos para-choques ou sob o para-choques não podem ser exibidos.
  • A câmara usa uma lente especial. A distância da imagem que aparece no ecrã difere da distância real.
  • Os itens que estão localizados acima da câmara não podem ser exibidos no monitor.
  • Se o seu veículo estiver equipado com chapa de matrícula iluminada, esta pode interferir com o mostrador.

Área exibida no ecrã

Câmara do monitor do sistema de visão traseira

A câmara do monitor do sistema de visão traseira está localizada acima da chapa de matrícula.

Câmara do monitor do sistema de visão traseira

  • Utilização da câmara

Se sujidade ou matérias estranhas (tais como gotas de água, neve, lama, etc.) aderirem à câmara, esta não poderá transmitir uma imagem clara.

Neste caso lave com uma grande quantidade de água e limpe a lente da câmara com um pano macio e húmido.

Diferenças entre o ecrã e a estrada real

As linhas guia de distância e as linhas de extensão da largura do veículo podem não ser realmente paralelas com as linhas divisórias do espaço de estacionamento, mesmo quando parecem ser. Certifique-se que verifica visualmente.

As distâncias entre as linhas de orientação da extensão do veículo e as linhas divisórias esquerda e direita do espaço de estacionamento podem não ser iguais, mesmo parecendo que são. Certifique-se que verifica visualmente.

As linhas guia de distância dão uma orientação da distância em estradas com superfícies planas. Em qualquer das seguintes situações, existe uma margem de erro entre as linhas de orientação no ecrã e a distância/trajetória real na estrada.

  • Quando o piso atrás do veículo for uma subida íngreme

Quando o piso atrás do veículo for uma subida íngreme

As linhas guia de distância parecem estar mais perto do veículo do que a distância real. Por causa disso, os objetos parecem estar mais longe do que na realidade estão. Da mesma forma, haverá uma margem de erro entre as linhas de orientação e a distância/ trajetória real na estrada.

  • Quando o piso atrás do veículo for uma descida acentuada

Quando o piso atrás do veículo for uma descida acentuada

As linhas guia de distância parecem estar mais longe do veículo do que a distância real. Por causa disso, os objetos parecem estar mais perto do que na realidade estão. Da mesma forma, haverá uma margem de erro entre as linhas de orientação e a distância/ trajetória real na estrada.

  • Quando qualquer parte do veículo abater

Quando qualquer parte do veículo abater

Quando qualquer parte do veículo abater devido ao número de passageiros ou distribuição da carga, há uma margem de erro entre as linhas de orientação no ecrã e a distância/trajetória real na estrada.

Quando se aproxima de objetos tridimensionais

As linhas guia de distância são exibidas de acordo com objetos de superfícies planas (por exemplo a estrada). Não é possível determinar a posição de objetos tridimensionais (por exemplo veículos) usando as linhas guia de distância.

Ao aproximar-se de um objeto tridimensional que se estenda para fora (como a caixa de carga de um camião) tenha cuidado com o seguinte.

  • Linhas guia da largura do veículo

Linhas guia da largura do veículo

Verifique visualmente a área envolvente e a área atrás do veículo.

No caso apresentado na figura, o camião parece estar fora das linhas guia da largura do veículo e o veículo não parece que vá atingir o camião. Contudo, a carroçaria traseira do camião pode na realidade atravessar as linhas guia da largura do veículo.

Na realidade, se fizer marcha-atrás guiado pelas linhas guia da extensão de largura do veículo, o veículo pode atingir o camião.

  • Linhas guia da distância

Linhas guia da distância

Verifique visualmente a área envolvente e a área atrás do veículo.

No ecrã parece que o camião está estacionado no ponto 2 . Contudo, na realidade, se fizer marcha-atrás até ao ponto1  , vai atingir o camião.

No ecrã parece que o ponto 1 está mais perto e que o ponto 3 está mais distante. Contudo, na realidade, a distância para os pontos 1 e 3  é a mesma e o ponto 2 está mais distante do que o 1  o 3  .

O que deve saber

Se notar algum sintoma

Se notar qualquer dos seguintes sintomas consulte as causas prováveis e a solução e volte a verificar.

Se o sintoma não ficar resolvido com a solução, leve o veículo para ser inspecionado num concessionário Lexus autorizado, reparador Lexus autorizado ou noutro profissional igualmente qualificado e equipado.

Causa provável Solução
A imagem é difícil de ver
  • O veículo está numa área escura
  • A temperatura em redor da lente é elevada ou baixa
  • A temperatura exterior é baixa
  • Há gotas de água na câmara
  • Está a chover ou há humidade
  • Objetos estranhos (lama, etc.) aderiram à câmara
  • A câmara está riscada
  • A luz do sol ou de faróis está a incidir diretamente na câmara
  • O veículo encontra-se sob luzes fluorescentes, luzes de sódio, luzes de mercúrio, etc.
Se isso acontece devido a estas causas, não significa uma avaria.

Faça marcha-atrás enquanto visualmente verifica a área em redor do veículo. (Volte a utilizar a câmara logo que as condições melhorem.) A imagem no ecrã do monitor do sistema de visão traseira pode ser ajustada.

A imagem está embaciada
Pó ou objetos estranhos (tal como gotas de água, neve, lama, etc.) aderiram à câmara. Lave a câmara com água com uma grande quantidade de água e limpe a lente da câmara com um pano macio e húmido.
A imagem está desalinhada
A câmara ou a área envolvente sofreu um forte impacto. Leve o veículo para ser inspecionado num concessionário Lexus autorizado, reparador Lexus autorizado ou noutro profissional igualmente qualificado e equipado.
As linhas fixas de orientação estão muito longe do alinhamento
A posição da câmara está desalinhada Leve o veículo para ser inspecionado num concessionário Lexus autorizado, reparador Lexus autorizado ou noutro profissional igualmente qualificado e equipado.
  • O veículo está inclinado (existe uma carga pesada no veículo, a pressão dos pneus é baixa devido a um furo, etc.)
  • O veículo está num declive.
Se isso acontece devido a estas causas, não significa uma avaria.

Faça marcha-atrás enquanto visualmente verifica a área em redor do veículo.

AVISO

Quando utilizar o monitor do sistema de visão traseira

O monitor do sistema de visão traseira é um dispositivo complementar destinado a auxiliar o condutor a fazer marcha-atrás. Quando fizer marcha-atrás certifique-se de verificar visualmente atrás e em redor do veículo, antes de continuar.

Observe as seguintes precauções para evitar acidentes que podem resultar em morte ou ferimentos graves.

Nunca dependa inteiramente do monitor do sistema de visão traseira quando faz marcha-atrás. A imagem e a posição das linhas guia exibidas no ecrã podem diferir da situação real.

Seja cauteloso, precisamente como quando faz marcha-atrás com qualquer veículo.

Certifique-se que faz marcha-atrás lentamente, pressionando o pedal do travão para controlar a velocidade do veículo.

As instruções dadas são apenas orientações.

Quando e como rodar o volante da direção varia de acordo com as condições do trânsito, condições da superfície da estrada, condições do veículo, etc. quando estacionar.

É necessário estar completamente atento a tudo isto antes de usar o monitor do sistema de visão traseira.

Ao estacionar, não se esqueça de verificar se o espaço de estacionamento é suficiente para o seu veículo antes de iniciar as manobras.

Não utilize o sistema nos seguintes casos:

  • Em superfícies de estrada geladas ou lisas, ou sobre neve
  • Quando utilizar correntes nos pneus ou pneus de emergência
  • Quando a porta da retaguarda não está completamente fechada
  • Em estradas que não sejam planas ou em linha reta, como curvas ou declives.

Em temperaturas baixas o ecrã pode escurecer ou a imagem pode tornar-se fraca. A imagem pode distorcer quando o veículo está em movimento, ou pode não ser capaz de ver a imagem no ecrã. Certifique-se que verifica visualmente e através dos espelhos toda a área envolvente do veículo antes de continuar

Se alterar as medidas dos pneus, a posição das linhas de orientação exibidas no ecrã pode mudar.

A câmara utiliza uma lente especial. As distâncias entre os objetos e os peões que aparecem na imagem apresentada no ecrã diferem das distâncias reais

ATENÇÃO

Como usar a câmara

O monitor do sistema de visão traseira pode não funcionar corretamente nos seguintes casos.

  • Se a traseira do veículo for atingida, a posição e o ângulo de montagem da câmara podem mudar
  • Como a câmara tem uma construção à prova de água, não a retire, desmonte ou modifique. Isso pode causar funcionamento incorreto.
  • Quando limpar a lente da câmara, lave-a com uma grande quantidade de água e limpe-a com um pano macio e húmido. Se esfregar a lente da câmara com força, esta poderá ficar riscada e, consequentemente, não poderá transmitir uma imagem clara.
  • Não permita que solventes orgânicos, cera para veículos, líquido limpa-vidros ou revestimento para vidros adiram à câmara. Se isso acontecer, limpe-a o mais rápido possível.
  • Se a temperatura mudar rapidamente, como quando verte água quente sobre o veículo em tempo frio, o sistema pode não funcionar normalmente.
  • Ao lavar o veículo, não aplique grandes quantidades de água sobre a câmara ou na área da câmara. Se o fizer, tal pode resultar no mau funcionamento da câmara.
  • Quando a câmara é usada sob luzes fluorescentes, luzes de sódio ou mercúrio etc., as luzes e as áreas iluminadas podem parecer piscar.

Não exponha a câmara a impactos fortes, pois isso pode provocar uma avaria. Se isso acontecer, leve o veículo para inspeção a um concessionário Lexus autorizado, reparador Lexus autorizado ou a outro profissional igualmente qualificado e equipado, o mais rapidamente possível.

Interruptor de seleção do modo de condução

Os modos de condução podem ser selecionados para que se adequem às condições de condução.

  1. Modo normal
  2. Modo de condução Eco

Adequado para melhorar a economia de combustível, uma vez que a quantidade de esforço de torção correspondente à depressão do pedal do acelerador pode ser gerada de forma mais suave do que em condições normais e o funcionamento do sistema de ar condicionado (aquecimento/arrefecimento) será minimizado.

Quando o interruptor de seleção do modo de condução estiver voltado para a esquerda, o indicador "ECO MODE" acende no agrupamento de instrumentos.

Prima o interruptor para alterar o modo de condução para modo normal.

  1. Modo sport (desportivo)

Interruptor de seleção do modo de condução

Utilize quando pretende obter altos níveis de resposta e perceção, tal como quando conduz em regiões montanhosas ou em ultrapassagens.

Quando o interruptor de seleção do modo de condução estiver voltado para a direita, o indicador "SPORT MODE" acende no agrupamento de instrumentos.

Prima o interruptor para alterar o modo de condução para modo normal.

Funcionamento do sistema de ar condicionado no modo de condução Eco

O modo de condução Eco controla as operações de aquecimento/arrefecimento e a velocidade da ventoinha do sistema de ar condicionado, para melhorar a eficiência de combustível . Para melhorar o desempenho do ar condicionado, ajuste a velocidade da ventoinha ou desative o modo de condução Eco.

Desativação automática do modo Sport

O modo Sport é desativado automaticamente se o interruptor Power for desligado após conduzir no modo Sport.

Sistemas de apoio à condução

Para reforçar o bom desempenho e a condução segura, os seguintes sistemas ajudam automaticamente na resposta a várias situações de condução. Contudo, tenha atenção que estes sistemas são suplementares e que não deve confiar demasiadamente nos mesmos.

ABS (Sistema Antibloqueio dos Travões)

Ajuda a evitar o bloqueio das rodas quando os travões são aplicados de repente ou se os travões forem aplicados durante a condução em superfícies de estradas escorregadias.

Assistência aos travões

Gera um aumento na força de travagem após o pedal do travão ter sido pressionado, quando o sistema deteta uma situação de paragem urgente.

VSC (Controlo da Estabilidade do Veículo)

Ajuda o condutor a controlar derrapagens em curvas súbitas ou viragens em superfícies escorregadias.

TRC (Controlo de Tração)

Ajuda a manter a tração e evita que as rodas motrizes patinem quando arranca ou acelera em estradas escorregadias.

EPS (Direção Assistida Elétrica)

Emprega um motor elétrico para reduzir a quantidade de esforço necessária para rodar o volante da direção.

VSC + (Controlo da Estabilidade do Veículo +)

Fornece o controlo integrado do ABS, TRC, VSC e EPS.

Ajuda a manter a estabilidade direcional nas viragens súbitas controlando o desempenho do volante.

Controlo da assistência ao arranque em subidas

Ajuda a evitar que o veículo deslize para trás quando arranca numa inclinação.

PCS (Sistema de Segurança Pré-Colisão) (se equipado)

Sinal de travagem de emergência

Quando os travões são aplicados de repente, as luzes de stop piscam automaticamente para alertar o veículo que circula atrás.

Quando os sistemas VSC/TRC/ABS estão em funcionamento

A luz do indicador de derrapagem pisca durante o funcionamento dos sistemas VSC/TRC/ABS.

Quando os sistemas VSC/TRC/ABS estão em funcionamento

Desativar o sistema TRC

Se o veículo ficar preso em neve fresca ou lama, o sistema TRC pode reduzir a potência do sistema híbrido para as rodas. Pressionar para desligar o sistema pode tornar mais fácil balançar o veículo a fim de libertá-lo.

Para desligar o sistema TRC, prima e solte   rapidamente.

A luz do indicador "TRC OFF" acende.

Prima   novamente para voltar a ligar o sistema.

Desativar o sistema TRC

Quando o indicador "TRC OFF" acende mesmo que o interruptor TRC OFF não tenha sido pressionado

Os sistemas TRC e Controlo da assistência ao arranque em subidas não podem ser operados. Contacte um concessionário Lexus autorizado, reparador Lexus autorizado ou outro profissional igualmente qualificado e equipado.

Sons e vibrações causados pelos sistemas ABS, assistência à travagem, VSC, TRC e Controlo da assistência ao arranque em subidas

Pode ser audível um som proveniente do compartimento do motor quando o sistema híbrido é iniciado, imediatamente após o veículo começar a mover-se, se o pedal do travão é pressionado com força ou repetidamente, ou 1-2 minutos após desligar o sistema híbrido. Este som não indica que tenha ocorrido uma avaria em qualquer destes sistemas.

Algumas das seguintes situações podem ocorrer quando os sistemas mencionados estão em funcionamento. Nenhuma destas situações indica que tenha ocorrido uma avaria.

  • Pode sentir vibrações através da carroçaria e volante.
  • Pode ser ouvido um ruído de motor depois do veículo ter parado.
  • O pedal do travão pode pulsar ligeiramente após a ativação do ABS.
  • O pedal do travão pode mover-se para baixo ligeiramente após a ativação do ABS.

Som de funcionamento do sistema EPS

Quando o volante é acionado, pode tornar-se audível um som de motor elétrico (zumbido).

Isto não indica uma avaria.

Redução da eficácia do sistema EPS

A eficácia do EPS é reduzida para evitar que o sistema sobreaqueça quando existe uma utilização frequente do volante durante um certo período de tempo. Como consequência poderá sentir o volante mais pesado. Caso isto aconteça, refreie a utilização excessiva do volante ou pare o veículo e desligue o sistema híbrido. O sistema EPS deverá voltar à normalidade dentro de 10 minutos.

Condições de funcionamento do controlo da assistência ao arranque em subidas

Quando as quatro condições que se seguem se reúnem, o controlo da assistência ao arranque em subidas entra em funcionamento:

  • A posição de engrenamento é outra que não a P ou a N (quando arranca para a frente/para trás numa inclinação ascendente).
  • O veículo é parado.
  • O pedal do acelerador não está a ser pressionado.
  • O travão de estacionamento não está aplicado.

Cancelamento automático do controlo da assistência ao arranque em subidas

O controlo da assistência ao arranque em subidas desliga em qualquer uma das seguintes situações:

  • Engrene a alavanca das velocidades em P ou N
  • O pedal do acelerador está a ser pressionado
  • O travão de estacionamento está aplicado
  • Decorreram cerca de 2 segundos desde que o pedal do travão foi libertado.

Reativação automática do sistema TRC

Depois de desligar o sistema TRC o sistema é reativado automaticamente nas seguintes situações:

  • Quando desliga o interruptor Power
  • O sistema TRC liga quando a velocidade do veículo aumenta

Condições de funcionamento do sinal do travão de emergência

Quando se reúnem as três seguintes condições, o sinal do travão de emergência funciona:

  • Os sinais de perigo estão desligados.
  • A velocidade real do veículo é superior a 55 km/h.
  • O pedal do travão é pressionado de uma maneira que faz com que o sistema avalie, a partir da desaceleração do veículo, que se trata de uma travagem brusca.

Cancelamento automático do sistema do sinal do travão de emergência

O sinal do travão de emergência será desligado em qualquer das seguintes situações:

  • Os sinais de perigo estão ligados.
  • O pedal do travão é libertado.
  • O sistema avalia, a partir da desaceleração do veículo, que não se trata de uma travagem brusca.

AVISO

O ABS não funciona corretamente quando

  • São usados pneus com inadequada capacidade de aderência (tais como pneus excessivamente gastos numa estrada coberta de neve).
  • O veículo aquaplana enquanto conduz a grande velocidade numa estrada molhada ou escorregadia.

A distância de paragem quando o ABS está a funcionar pode exceder a distância de paragem em condições normais

O ABS não foi concebido para diminuir a distância de paragem do veículo. Mantenha sempre uma distância segura do veículo que segue à frente nas seguintes situações:

  • Quando conduzir em estradas sujas, com gravilha ou com neve
  • Quando conduzir com correntes de pneus
  • Quando conduzir sobre lombas na estrada
  • Quando conduzir em estradas com buracos ou estradas com piso irregular

O TRC pode não funcionar eficazmente quando

O controlo e força direcional podem não ser alcançados enquanto conduz em superfícies escorregadias, mesmo que o sistema TRC se encontre em funcionamento.

Conduza o veículo cuidadosamente em condições em que possa perder a força e a estabilidade.

Quando o VSC é ativado

A luz do indicador de derrapagem pisca. Conduza sempre com cuidado. Uma condução descuidada pode causar um acidente. Tenha particular atenção se a luz do indicador piscar

O controlo da assistência ao arranque em subidas não funciona de forma eficaz quando

  • Não confie em demasia no controlo da assistência ao arranque em subidas. O controlo da assistência ao arranque em subidas pode não funcionar de forma eficaz em inclinações acentuadas, bem como em estradas cobertas com gelo.
  • Ao contrário do travão de estacionamento, o controlo da assistência ao arranque em subidas não tem por função manter o veículo parado durante um longo período de tempo. Não tente utilizar o controlo da assistência ao arranque em subidas para manter o veículo imóvel numa inclinação, uma vez que tal pode resultar em acidente.

Quando desliga o sistema TRC

Tenha especial cuidado e conduza a uma velocidade adequada às condições da estrada. Como estes são sistemas concebidos para assegurar a estabilidade do veículo e a força de condução, não desligue o sistema TRC, a menos que seja necessário.

Substituição dos pneus

Certifique-se que todos os pneus são do mesmo tamanho, marca, igual tipo de piso e mesma capacidade de carga. Para além disso, certifique-se que todos os pneus estão atestados à pressão adequada.

Os sistemas ABS, VSC e TRC não funcionam corretamente se estiverem montados pneus diferentes.

Contacte um concessionário Lexus autorizado, reparador Lexus autorizado ou outro profissional igualmente qualificado e equipado, para mais informações sobre a substituição dos pneus ou jantes.

Manuseamento dos pneus e suspensão

Se utilizar pneus com problemas de qualquer tipo ou modificar a suspensão, pode afetar os sistemas de assistência à condução, causando avarias.

PCS (Sistema de segurança pré-colisão)

Quando o sensor do radar deteta a possibilidade de uma colisão frontal, o sistema de segurança pré-colisão, tal como os travões e os cintos de segurança são ativados automaticamente para reduzir o impacto bem como os danos no veículo.

Cintos de segurança pré-colisão (apenas cintos de segurança da frente)

Se o sensor de pré-colisão detetar que a colisão é inevitável, o sistema de segurança pré-colisão retrai o cinto de segurança antes da ocorrência da colisão.

O mesmo se passa se o condutor fizer uma travagem de emergência ou perder o controlo do veículo.

Contudo, o sistema não funcionará no caso de uma derrapagem quando o sistema VSC estiver desativado.

Assistência à travagem pré-colisão

Quando existe uma forte possibilidade de colisão frontal, o sistema aplica uma força superior aos travões em relação à força com que o pedal do travão é pressionado.

Travagem pré-colisão

Quando existe uma forte possibilidade de colisão frontal, o sistema avisa o condutor através de uma luz de aviso, exibição de mensagem e sinal sonoro.

Se o sistema determinar que a colisão é inevitável, os travões são aplicados automaticamente para reduzir a velocidade da colisão. A travagem pré-colisão pode ser desativada através do interruptor de cancelamento da travagem pré-colisão.

Desativar a travagem pré-colisão

Desativar a travagem pré-colisão

  1. Travagem pré-colisão desativada
  2. Travagem pré-colisão ativada

A luz de aviso do sistema de segurança pré-colisão "PCS" acende quando o sistema é desativado.

Sensor do radar

O sensor do radar deteta veículos ou outros obstáculos na, ou perto da estrada, à frente e determina se a colisão é iminente com base na posição, velocidade e parte da frente dos obstáculos.

Sensor do radar

O sistema de segurança pré-colisão está operacional quando

Cintos de segurança pré-colisão (tipo A)

  • A velocidade do veículo é superior a cerca de 30 km/h.
  • O sistema deteta uma travagem brusca ou derrapagem
  • Os ocupantes dos bancos da frente estão a utilizar os cintos de segurança.

Cintos de segurança pré-colisão (tipo B)

  • A velocidade do veículo é superior a cerca de 5 km/h.
  • A velocidade de aproximação ao objeto ou ao veículo que circula à sua frente excede os 30 km/h.
  • Os ocupantes dos bancos da frente estão a utilizar os cintos de segurança.

Assistência à travagem pré-colisão:

  • A velocidade do veículo é superior a cerca de 30 km/h.
  • A velocidade de aproximação ao objeto ou ao veículo que circula à sua frente excede os 30 km/h.
  • O pedal do travão é pressionado

Travagem pré-colisão:

  • O interruptor de cancelamento da travagem pré-colisão não foi pressionado.
  • A velocidade do veículo é superior a cerca de 15 km/h.
  • A velocidade de aproximação ao objeto ou ao veículo que circula à sua frente excede os 15 km/h.

Condições que podem ativar o sistema, mesmo que não haja perigo de colisão

Em qualquer uma das situações que se seguem em que a área frontal do sensor do radar é interrompida, o sensor do radar pode detetar a possibilidade de uma colisão frontal e o sistema pode ser ativado.

  • Quando passa por um veículo que se aproxima numa curva ou por uma mudança de direção à direita ou à esquerda
  • Quando se aproxima rapidamente de um obstáculo que se encontra à sua frente (por ex. veículo precedente, barreira da portagem, etc.)
  • Quando existe um objeto estrutural (outdoor, teto baixo, luz fluorescente, etc.) no topo da estrada com inclinação
  • Quando conduzir numa estrada estreita ou por baixo de uma estrutura baixa e pesada (ponte, túnel, etc.)
  • Quando conduzir numa superfície de estrada irregular
  • Quando está um objeto metálico, lomba ou protrusão na superfície da estrada
  • Quando a parte da frente do veículo está elevada ou baixada, dependendo das condições da carga
  • Quando a orientação do sensor do radar está desalinhada em virtude de um impacto forte aplicado numa área circundante ao sensor do radar, etc.
  • Quando está um obstáculo (railes, etc.) na berma da estrada à entrada de uma curva
  • Quando a parte da frente do seu veículo está a apontar para cima (devido à carga pesada que está no compartimento da bagagem, etc.)

Quando o sistema é ativado nas situações acima descritas, existe também a possibilidade dos cintos de segurança retraírem rapidamente e de os travões serem aplicados com uma força superior à normal. Quando o cinto de segurança está bloqueado na posição de retraído, pare o veículo num lugar seguro, liberte o cinto de segurança e volte a apertá-lo.

Obstáculos não detetados

O sensor não consegue detetar obstáculos em plástico, tais como os cones de trânsito.

Poderá haver ocasiões em que o sensor não consegue detetar pedestres, animais, bicicletas, motociclos, árvores ou montes de neve.

Situações nas quais o sistema de segurança pré-colisão não funciona corretamente

O sistema pode não funcionar eficazmente em situações como as seguintes:

  • Em estradas com curvas acentuadas ou superfícies irregulares
  • Se um veículo de repente se move na frente do seu veículo, como num cruzamento
  • Se um veículo de repente corta na frente do seu veículo, como quando o ultrapassam
  • Em condições climáticas inclementes, tais como chuva forte, nevoeiro, neve ou tempestades de areia
  • Se o seu veículo derrapar com o sistema VSC desligado
  • Quando ocorre uma mudança extrema na altura do veículo
  • Quando o eixo do radar está desajustado
  • Quando vira bastante o volante da direção quando surge subitamente um obstáculo à sua frente

Cancelamento automático do sistema de segurança pré-colisão

Quando ocorre uma avaria devido a contaminação do sensor, etc., que resulta na incapacidade dos sensores detetar obstáculos, o sistema de segurança pré-colisão será desativado automaticamente. Neste caso, o sistema não será ativado mesmo que haja uma possibilidade de colisão.

Quando houver uma avaria no sistema ou se estiver temporariamente inoperativo

As luzes de aviso e/ou as mensagens de aviso acendem ou piscam

Certificação

Certificação

Certificação

AVISO

Limitações do sistema de segurança pré-colisão

O condutor é o único responsável por uma condução segura. Conduza sempre em segurança, tendo o cuidado de observar a área circundante.

Em nenhuma circunstância utilize o sistema de segurança pré-colisão como um substituto da travagem normal. Este sistema nunca evita colisões nem diminui os danos ou ferimentos. Não confie demasiado neste sistema. O não cumprimento destas medidas pode provocar um acidente, o qual pode resultar na morte ou em ferimentos graves.

Este sistema foi concebido para ajudar a evitar e reduzir o impacto das colisões. Contudo, o sistema opera de forma diferente de acordo com a situação  .

Como resultado, não pode esperar que o sistema responda com o mesmo nível de desempenho em todas as situações. Para além disso, a travagem do sistema de segurança pré-colisão pode não funcionar se o condutor estiver a pressionar o pedal do travão ou a rodar o volante da direção, uma vez que o sistema determina essas condições como operações para evitar uma colisão.

Cuidados com o conteúdo auxiliar do sistema

Através dos alarmes e controlo de travagem, o sistema de segurança pré-colisão destina-se a auxiliar o condutor a evitar colisões através do processo "LOOK-JUDGEACT" ("VER-JULGAR-AGIR"). Existem limites ao grau de assistência que os sistemas podem fornecer pelo que deve ter em mente os seguintes pontos importantes.

  • Ajuda o condutor a observar a estrada.

    O sistema de segurança pré-colisão só é capaz de detetar obstáculos diretamente em frente ao veículo e apenas numa extensão limitada. Não é um mecanismo que permita uma condução descuidada ou desatenta nem um sistema que possa ajudar o condutor em condições de baixa visibilidade. É necessário que o condutor preste muita atenção à área em redor do veículo.

  • Ajuda o condutor a fazer um julgamento correto.

    Ao tentar estimar a possibilidade de uma colisão, os únicos dados disponíveis para o sistema de segurança pré-colisão são os obstáculos que deteta diretamente à frente do veículo. Portanto, é absolutamente necessário que o condutor permaneça vigilante e que determine se há ou não possibilidade de colisão em qualquer situação.

  • Ajuda o condutor a tomar uma ação.

    A característica de travagem do sistema de segurança pré-colisão foi concebida para ajudar a reduzir a gravidade de uma colisão, e assim só atua quando o sistema determina que a colisão é inevitável. Este sistema por si só não é capaz de automaticamente evitar uma colisão ou parar o veículo em segurança. Por esta razão, no caso de se deparar com uma situação perigosa, o condutor deve tomar o controlo imediato e direto do veículo e agir de forma adequada, a fim de garantir a segurança de todos os envolvidos.

Quando o sensor não deteta corretamente o veículo que segue à sua frente

Aplique os travões quando necessário, em qualquer uma das seguintes situações:

  • Quando água ou neve provenientes de outros veículos que circulam nas imediações impedem o funcionamento do sensor
  • Quando a parte dianteira do veículo está levantada (devido a excesso de carga no compartimento da bagagem, etc.)
  • Veículos que o ultrapassem repentinamente
  • Veículos com a parte traseira extremamente baixa (reboques sem carga, etc.)
  • Motociclos a circular na mesma faixa de rodagem

Manuseamento do sensor do radar

Observe o seguinte para garantir o correto funcionamento do sistema de segurança pré-colisão.

  • Mantenha o sensor e a proteção da grelha da frente sempre limpos.

    Limpe o sensor e a proteção da grelha da frente com um pano macio para não os danificar ou marcar.

  • Não sujeite o sensor ou a área circundante a um forte impacto.

    Se o sensor se deslocar mesmo que ligeiramente, o sistema poderá avariar. Se o sensor ou a área circundante sofrer um forte impacto, mande-os verificar e ajustar a um concessionário Lexus autorizado, reparador Lexus autorizado ou a outro profissional igualmente qualificado e equipado.

  • Não desmonte o sensor.
  • Não coloque acessórios ou autocolantes no sensor, proteção da grelha ou área circundante.
  • Não altere ou pinte o sensor ou a proteção da grelha.
  • Se for necessário reparar o substituir o sensor, contacte o seu concessionário ou reparador Lexus autorizado ou outro profissional devidamente qualificado e equipado.
Veja também:

Citroën C4. Arrumações da mala
Prateleira traseira (ver mais informações na página seguinte) Ganchos (ver mais informações na página seguinte) Tomada de acessórios 12V (ver mais informações na página seguinte) Lâmpada nómada (ver mais informações nas páginas seguintes) Argolas de fixação Caixa de arrumação (ver mais informações nas páginas seguintes) Cintos de fixaç ...

Lexus CT200h. Interruptores (Veículos de volante à direita)
Botão de controlo da luz do painel de instrumentos Interruptores do espelho retrovisor exterior Botão de nivelamento manual dos faróis* Interruptor do limpa-faróis* Interruptor do sistema de descongelamento do limpa-para-brisas* Interruptor do volante de direção aquecido* Interruptor do sensor Lexus de assistência* Inte ...

Manual do Veículo

© 2017 All rights reserved : 0.0434